Como a Anadarco descobriu a obra de Daniel Pinchbek?

Em 2006, um de nossos colaboradores foi convidado a fazer resenhas de livros recém-lançados para uma revista inglesa.  Por isso, chegou em nossas mãos um exemplar da edição do livro de Daniel Pinchbeck,  2012: The year of the mayan prophecy (2012: the return of Quetzalcoátl, na edição americana).

O que nos fascinou no livro desse autor americano foi, primeiramente, sua capacidade  de desenvolver, com bastante rigor, mas sem o ranso acadêmico, uma pesquisa minuciosa sobre temas quase intangíveis: transformação na consciência, estados alterados da percepção, sustentabilidade e mudança de paradigmas na aventura humana. A principal tese defendida pelo autor é a de que o estado aparentemente caótico no qual se encontram as sociedades contemporâneas esconde um processo subliminar de intensa transformação. Para ele, a  consciência humana está rapidamente transitando para uma nova condição, uma nova intensidade de percepção que se manifestará numa transformação de nossa concepção de tempo/espaço, culminando na mudança da percepção de nós mesmos, nossa própria individualidade. Segundo essa ideia, a transição se tornará cada vez mais evidente na medida em que nos aproximarmos do ano de 2012, ano que representa, no calendário maia, a conclusão de uma era histórica e o início de outra.

Ao longo dos últimos anos, o livro acabou passando por diversas leituras, estimulando um interessante debate entre a equipe Anadarco. Foi somente em 2009, no entanto, que decidimos contatar o próprio autor sobre a possibilidade de publicar 2012 em português. Depois de negociações e ajustes, o trabalho está sendo finalmente traduzido e tem previsão para lançamento ao final deste ano.

Para nossa surpresa,  um outro brasileiro, o cineasta João Amorim, envolveu-se no projeto de Pinchbeck por outra vertente: fazendo um documentário baseado no livro. Trabalho rico em animações e entrevistas, o documentário  também tem previsão de lançamento no  Brasil num futuro próximo.

Animados com o projeto, nós da Anadarco resolvemos criar um blog para trazer temas relacionados à proposta do livro. Começamos há dois meses ensaiando textos que podem  abrir vias de discussão. Na medida em que a publicação começa a se concretizar,  o próprio debate aqui dentro  gera mais assunto, mais posts. O que principalmente nos motiva por trás dessa empreitada é a chance de oferecer ao público brasileiro um trabalho rico, consistente e inovador como o de Daniel Pinchbeck. Ele traz as questões de uma nova era não somente por meio de quebra de tabus e de modelos consagrados, mas colocando, no indivíduo, grande responsabilidade sobre a transformação global.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s