Conheça mais sobre o Xamanismo

No post anterior, mencionamos como Daniel Pinchbeck se aproximou de práticas  xamanistas para encontrar novas formas de percepção. O tema controverso pelo qual o próprio Pinchbeck foi alvo de opiniões desfavoráveis nos fez buscar uma entrevista com Léo Artése, estudioso do Xamanismo e criador do site www.xamanismo.com.br. Léo Artese conduz cerimônias, ritos, grupos de estudo e oficinas de xamanismo desde 1990; é terapeuta holístico e acupunturista.

AnadarcoPoderia explicar em poucas palavras o que é o Xamanismo?
Léo Artése – Atualmente o xamanismo pode ser dividido em duas escolas. O xamanismo tradicional que segue as tradições nativas e o neo-xamanismo que adapta a essência dos povos do passado com práticas terapêuticas e de linhas diversas numa realidade urbana. O xamanismo cobre práticas de cura de ancestrais primitivos e indígenas ao redor do mundo. O xamanismo não se refere apenas à espiritualidade indígena. É certo que os indígenas foram os grandes responsáveis por manterem acessas as chamas da Medicina da Terra mas as práticas se originaram no homem primitivo, no paleolítico.
Defini-se o xamanismo como um conjunto de crenças ancestrais que estabelecem contato com uma realidade oculta, ou estados especiais (alterados) de consciência, a fim de obter conhecimento, poder, equilíbrio saúde para si mesmo e para as pessoas.

Anadarco – O que é um Xamã?
Léo Artése –
Vem da palavra “Samam” (shah (saber) -man), substantivo e verbo dos Tungus da Sibéria, que pode ser definido como “aquele que sabe”,  mas pela maioria dos estudiosos como é traduzido como “aquele que é inspirado pelos espíritos”.
O xamã pode ser homem ou mulher.

O termo xamã foi adotado, pela antropologia, para se referir a pessoas de uma grande variedade de culturas não ocidentais, que antes eram conhecidas como: bruxo, feiticeiro, curandeiro, mago, mágico, vidente, sacerdote, pajé, homem da medicina, o terapeuta, o conselheiro, o contador de estórias, o líder espiritual e outros.

Anadarco – É utilzado algum tipo de alucinógeno no ritual xamanista?
Léo Artése Esclarecendo a sua pergunta:
Nós usamos o termo plantas enteógenas (entheos = Deus dentro) são também reconhecidas como; Plantas Mestres, Plantas Professoras, Plantas de Conhecimento, Plantas de Poder, Plantas Sagradas. O termo alucinógeno evoca um preconceito. No Genesis 1,29  está o seguinte: Deus disse:  “Eis que vos dou toda a erva que dá semente sobre a Terra e todas as árvores frutíferas, contendo em sí mesmas a sua semente, para que vos sirva de alimento”.
Das plantas se obtém os princípios ativos empregados nos medicamentos. Deus nos deu uma completa farmácia natural. Umas alimentam, outras nos perfumam, outras nos purificam, nos acalmam, nos dão prazer, etc. Porém, algumas plantas transportam a mente humana a regiões de maravilhas espirituais, alterando a nossa consciência, levando-nos ao Mundo Profundo, reconectando-nos com os nossos ancestrais.

Respondendo a sua pergunta:
O foco das práticas do xamanismo centra-se nos ritmos cíclicos da natureza: nascimento, morte e renascimento; a complementaridade masculino e feminino, o contato pessoal individual com ambiente imediato da terra, com as forças da terra, do sol, da lua e das estrelas. Algumas tradições ou condutores se utilizam de plantas, outros de pedras… Para seguir o xamanismo não é imprescindível utilizae o enteógeno… o enteógeno é um caminho entre vários outros.
No xamanismo ao redor do mundo podemos ver as similaridades que definem as práticas :
·    A Busca por estados Alterados de Consciência, Vôo da Alma / Êxtase. O xamã é um especialista e um mestre da viagem estática.
·    A capacidade de viajar em espírito assumindo a forma de um animal ou ave ou diretamente através daquilo a que chamaríamos de experiência fora-do-corpo. Este vôo mágico é um dos fundamentos do xamanismo.
·    Viagem por mundos paralelos (Reino dos Espíritos). Mundos invisíveis à realidade ordinária a fim de guiar espíritos e obter conhecimento espiritual
·    O xamã atua como canal de cura. Tem conhecimento do poder das plantas, pedras, dos espíritos, animais e seres da natureza.
·    Devoção à Criação, Sol, Lua, Estrelas. Reconhecimento da presença de Deus em todas as manifestações do Universo.
·    Interação com espíritos da natureza.
·  Utilização de instrumentos de poder para induzir ao transe/estados alterados de consciência (tambores, maracás, etc).
·    Conhecimento sobre o fogo.
·    Utilização de plantas (purificação, enteógenas, medicinais, magnéticas).
·    Canções de Poder.
·    Danças.
·    Respiratórios e dietas.
·    Contação de histórias, preleições.

Anadarco –    O que é Estado Xamânico de Consciência?
Léo Artése – Nós, seres humanos, passamos a maior parte de nossa vida, acordados num estado comum de consciência, porque a maior parte da nossa humanidade entende que é o estado “normal”, mas avanços da ciência mostram que o nosso cérebro produz suas próprias substâncias, veículos para alterar a mente. Entendo que a busca por estados diferenciados de consciência faz parte da natureza humana. Podemos observar isso em crianças, nas brincadeiras de rodopiar até ficarem tontas, ao experimentarem prender a respiração, etc.
Acredito que o ser humano é um buscador de experiências, alguns buscam enfrentando perigos da natureza, no êxtase religioso, nos esportes radicais, no sexo, nas danças, na música, nos esportes. O mesmo acontece nas experiências psicodélicas, com as drogas permitidas como o álcool, com práticas de meditação. Ela é parte legítima da condição humana.
Os estados alterados de consciência no xamanismo, que aqui prefiro chamar de Estados Sagrados de Consciência, não envolvem apenas o transe, e sim a capacidade de viajar na realidade incomum com o objetivo de encontrar-se com espíritos animais, plantas, mentores, obter insights para curas, etc. Estas incluem experiências fora-do-corpo, mudança de forma, transformação em animais, viagens através do tempo (passado ou futuro).
Eliade fala do êxtase, Castañeda do nagual. Nirvana, samadhi, alfa, transe, satori, consciência cósmica, supra-consciência, e outros nomes, para a mesma manifestação.
Os xamãs compreendem a conexão o corpo, alma e mente, de forma sagrada, espiritual. O trabalho do xamã tem efeito terapêutico ao induzir estados alterados de consciência e criar imagens que comunicam-se com tecidos e orgãos, e até células para promoverem mudanças.

AnadarcoO que é preciso para ser um seguidor do Xamanismo?
Léo Artése – Para praticar esse xamanismo que acredito, você pode ser de qualquer religião, ter a sua própria crença, pois a nossa ligação é com a vida.  Ter o desejo ardente de caminhar  em  busca da realização do propósito da alma. Querer resgatar a relação com o sagrado. Ter a crença que a verdadeira magia está dentro de cada um. Saber  usar o poder que temos para transformar a própria vida, para  viver mais no amor, na paz e na harmonia. O mapa do caminho é inspirado na sabedoria ancestral, no estudo dos talentos dos animais, das plantas, das histórias, das canções, das danças, das cerimônias.

–    Poderia explicar em poucas palavras o que é o Xamanismo?
Atualmente o xamanismo pode ser dividido em duas escolas. O xamanismo tradicional que segue as tradições nativas e o neo-xamanismo que adapta a essência dos povos do passado com práticas terapêuticas e de linhas diversas numa realidade urbana. O xamanismo cobre práticas de cura de ancestrais primitivos e indígenas ao redor do mundo. O xamanismo não se refere apenas à espiritualidade indígena. É certo que os indígenas foram os grandes responsáveis por manterem acessas as chamas da Medicina da Terra mas as práticas se originaram no homem primitivo, no paleolítico.
Defini-se o xamanismo como um conjunto de crenças ancestrais que estabelecem contato com uma realidade oculta, ou estados especiais (alterados) de consciência, a fim de obter conhecimento, poder, equilíbrio saúde para si mesmo e para as pessoas.
– O que é um Xamã?
Vem da palavra “Samam” (shah (saber) -man), substantivo e verbo dos Tungus da Sibéria, que pode ser definido como “aquele que sabe” , mas pela maioria dos estudiosos como é traduzido como “aquele que é inspirado pelos espíritos”.O xamã pode ser homem ou mulher.
O termo xamã foi adotado, pela antropologia, para se referir a pessoas de uma grande variedade de culturas não ocidentais, que antes eram conhecidas como: bruxo, feiticeiro, curandeiro, mago, mágico, vidente, sacerdote, pajé, homem da medicina, o terapeuta, o conselheiro, o contador de estórias, o líder espiritual e outros.
-É utilzado algum tipo de alucinógeno no ritual xamanista?
Esclarecendo a sua pergunta:
Nós usamos o termo plantas enteógenas (entheos = Deus dentro) são também reconhecidas como; Plantas Mestres, Plantas Professoras, Plantas de Conhecimento, Plantas de Poder, Plantas Sagradas. O termo alucinógeno evoca um preconceito. No Genesis 1,29  está o seguinte: Deus disse:  “Eis que vos dou toda a erva que dá semente sobre a Terra e todas as árvores frutíferas, contendo em sí mesmas a sua semente, para que vos sirva de alimento”
Das plantas se obtém os princípios ativos empregados nos medicamentos. Deus nos uma completa fármácia natural. Umas alimentam, outras nos perfumam, outras nos purificam, nos calmam, nos dão prazer, etc. Porém, algumas plantas transportam a mente humana a regiões de maravilhas espirituais, alterando a nossa consciência, levando-nos ao Mundo Profundo, reconectando-nos com os nossos ancestrais.
Respondendo a sua pergunta:
O foco das práticas do xamanismo centra-se nos ritmos cíclicos da natureza: nascimento, morte e renascimento, a complementaridade masculino e feminino, o contato pessoal individual com ambiente imediato da terra, com as forças da terra do sol, da lua e das estrela. Algumas tradições ou condutores se utilizam de plantas, outros de pedras…Para seguir xamanismo não é imprescindível utilizae o enteógeno…o enteógeno é um caminho entre vários outros.
No xamanismo ao redor do mundo podemos ver as similaridades que definem as práticas :
·    A Busca por estados Alterados de Consciência, Vôo da Alma / Êxtase. O xamã é um especialista e um mestre da viagem estática
·    A capacidade de viajar em espírito assumindo a forma de um animal ou ave ou diretamente através daquilo a que chamaríamos de experiência fora-do-corpo. Este vôo mágico é um dos fundamentos do xamanismo
·    Viagem por mundos paralelos ( Reino dos Espíritos). Mundos invisíveis à realidade ordinária a fim de guiar espíritos e obter conhecimento espiritual.
·    O xamã atua como canal de cura. Tem conhecimento do poder das plantas, pedras, dos espíritos animais e seres da natureza.
·    Devoção à Criação, Sol, Lua, Estrelas. Reconhecimento da presença de Deus em todas as manifestações do Universo
·    Interação com espíritos da natureza
·    Utilização de instrumentos de poder para induzir ao transe /estados alterados de consciência (tambores, maracás, etc)
·    Conhecimento sobre o fogo
·    Utilização de plantas (purificação, enteógenas, medicinais, magnéticas)
·    Canções de Poder
·    Danças
·    Respiratórios e dietas
·    Contação de histórias, preleições.-    O que é Estado Xamânico de Consciência?
Nós, seres humanos, passamos a maior parte de nossa vida, acordados num estado comum de consciência, porque a maior parte da nossa humanidade entende que é o estado “normal”, mas avanços da ciência mostram que o nosso cérebro produz suas próprias substâncias, veículos para alterar a mente. Entendo que a busca por estados diferenciados de consciência faz parte da natureza humana. Podemos observar isso em crianças, nas brincadeiras de rodopiar até ficarem tontas, ao experimentarem prender a respiração, etc.
Acredito que o ser humano é um buscador de experiências, alguns buscam enfrentando perigos da natureza,no êxtase religioso, nos esportes radicais, no sexo, nas danças, na música, nos esportes. O mesmo acontece nas experiências psicodélicas, com as drogas permitidas como o álcool, com práticas de meditação. Ela é parte legítima da condição humana.
Os estados alterados de consciência no xamanismo, que aqui prefiro chamar de Estados Sagrados de Consciência, não envolvem apenas o transe, e sim a capacidade de viajar na realidade incomum com o objetivo de encontrar-se com espíritos animais, plantas, mentores, obter insights, para curas, etc. Estas incluem experiências fora- do- corpo, mudança de forma, transformação em animais, viagens através do tempo (passado ou futuro)
Eliade fala do êxtase, Castañeda do nagual. Nirvana, samadhi, alfa, transe, satori, consciência cósmica, supra-consciência, e outros nomes, para a mesma manifestação.
Os xamãs compreendem a conexão o corpo, alma e mente, de forma sagrada, espiritual. O trabalho do xamã tem efeito terapêutico ao induzir estados alterados de consciência e criar imagens que comunicam-se com tecidos e orgãos, e até células para promoverem mudanças.
– O que é preciso para ser um seguidor do Xamanismo?
Para praticar esse xamanismo que acredito, você pode ser de qualquer religião, ter a sua própria crença, pois a nossa ligação é com a vida.  Ter o desejo ardente de caminhar  em  busca da realização do propósito da alma. Querer resgatar a relação com o sagrado. Ter a crença que a verdadeira magia está dentro de cada um. Saber  usar o poder que temos para transformar a própria vida, para  viver mais no amor, na paz e na harmonia.O mapa do caminho é inspirado na sabedoria ancestral, no estudo dos talentos dos animais, das plantas, das histórias, das canções, das danças, das cerimônias.

3 responses

  1. Simplesmente demais esta entrevista com o Leo, grande inspirador de trabalhos xamânicos por todo o Brasil.

    Obrigado por presentear-nos com tão esclarecedoras palavras!

    M.

    August 12, 2010 at 11:58 am

  2. Mestre, homem, amigo e educador…

    Eu inicei, aprendo e sigo seu caminho…

    Parabéns e Obrigada!

    August 13, 2010 at 8:35 pm

  3. Palavras sábias sempre são pelo bom coração aceitas! Viver a palavra é algo ainda mais magico. Obrigado pelas palavras e ensinamentos.
    Abraço.
    Marcos Reis

    August 19, 2010 at 3:48 pm

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s